Decidi fazer este post porque no post anterior falei de Death Note como sendo produzido pelo estúdio MadHouse e para alguns isso pode ser o mesmo que nada.

Mad House é um estúdio Japonês de produção de animes, cujas produções englobam o anime que aqui vou falar, como também a adaptação do jogo para anime Devil May Cry, entre outros. Death Note é originalmente um manga criado por Tsugumi Ohba e desenhado por Takeshi Obata, que mais tarde foi adaptado para animação pelo estúdio MadHouse.


Portanto para os fãs de anime ficarem informados acerca do que é para mim o anime com a melhor história feita até agora, aqui vai uma intro desta maravilhosa produção. Não vou adiantar muitos detalhes para não ser spoiler, mas aconselho vivamente todos os fãs do género a ver este anime, porque é realmente do melhor.
A história começa com dois dos personagens principais, Yagami Light, um brilhante estudante de liceu e o Shinigami (Deus da morte)  Ryuuk, um no mundo dos vivos e o outro no mundo dos Shinigamis. Devido ao aborrecimento de Ryuuk, este decide deixar cair no mundo dos vivos o seu Death Note, livro onde todos os Shinigamis escrevem os nomes das pessoas que estes querem que morram, para criar uma situação de conflito no mundo dos vivos, ficando assim entretido. Mais tarde é apanhado por Light e vê que no Note está escrito que este tem a capacidade de matar as pessoas cujos nomes são lá escritos. A princípio pensa que não passa de uma brincadeira, não diferente de uma chain letter, mas levado pela sua curiosidade, e também como Ryuuk, para acabar com o seu aborrecimento para com a vida, decide levá-lo para casa para experimentar. A partir do momento que comprova que efectivamente o Note consegue mesmo assassinar as pessoas cujo nome escreveu no Note, Light decide tornar-se no novo deus do seu mundo, eliminando todos aqueles que ele julga serem indignos de viverem. Ao final de cinco dias de Ryuuk ter deixado cair o Note no mundo dos vivos, o Shinigami decide aparecer perante Light. Isto porque todo o Shinigami, cujo Note esteja na posse de um humano, tem que obrigatoriamente estar do lado do mesmo humano que tenha o Note na sua posse .
É mesmo uma história fantástica, cheia de emoção e de intriga, com uma história que capta todos os que vêem apenas o primeiro episódio.
Não percam...
sinto-me: cm quem vai fazer...
tags:
publicado por misopesaminos às 10:47